Mac x Windows x Linux: qual utilizar?

A internet é uma grande rede, como uma teia de aranha, que amarra todos que se prendem a ela. Atualmente, não conseguimos viver sem sua presença, pois ela conecta a nós, seres humanos, em todos os níveis. Nesse sentido, várias pessoas começam várias discussões, sobre variados assuntos, inclusive a própria informática. Um debate constante entre vários usuários é: qual o melhor sistema operacional?

Sistema Operacional é uma plataforma que utilizamos para utilizar nossos computadores. Ele é responsável por gerenciar todo o sistema, criando uma interface entre o usuário e computador. As mais conhecidas (e polêmicas) são o Mac OS X, Windows e Linux.

Mac x Windows x Linux - qual utilizar

O Mac OS X é um software que permite maior personalização. Em sua área de trabalho, por exemplo, é possível reorganizar as pastas em quaisquer posições, alterar ícones (para que tenham a aparência que o usuário desejar) e até mesmo os nomes dos arquivos, incluindo caracteres especiais como (!*/?>). Para desinstalar programas é só enviá-los a lixeira, e para instalá-los, basta colocá-los em uma pasta denominada “System Folder”. É uma das plataformas mais seguras, oferecendo detalhes de programas e permissões de uso para o usuário. Ademais, foi pioneira na integração, compartilhamento e sincronia: todos seus dispositivos, como iPad, iPhone, iPod e Macbook se integram. Contudo, não é possível utilizar o Mac OS X sem um computador da Apple, e os preços destes (e acessórios como magic mouse e magic trackpad) são caros e pouco acessíveis no Brasil.

O Windows é um dos principais rivais do Mac OS X. No Brasil, é um dos softwares mais populares, pois não é necessário um computador específico para utilizá-lo. Atualmente, é possível comprar uma máquina (como Samsung, Toshiba, Sony, etc.) com o Windows já incluso. Por isso, torna-se mais acessível. É uma plataforma de fácil aprendizado, sendo muito intuitiva. Há uma maior gama de programas e aplicativos para ele do que para os outros. Porém sua segurança é falha, e há milhares de vírus para computadores.

O Linux é um software livre em vários sentidos. Primeiramente, ele é gratuito. É possível instalá-lo em qualquer computador e criar cópias de suas plataformas. Ademais, tem o código-fonte aberto, ou seja, o Linux se torna adaptável aos objetivos do usuário, que pode alterá-lo e modificá-lo.  Ele conta com uma comunidade enorme de programadores ao redor do mundo para corrigir os chamados “bugs” (problemas/ erros), tornando seu desenvolvimento e crescimento cada vez mais rápidos. É também totalmente personalizável. Contudo os programas desenvolvidos para seu uso são muito restritos e a instalação deles complicada.

Ainda tem suas dúvidas sobre qual é o melhor para utilizar? Cada pessoa tem seus objetivos e suas limitações, portanto, escolha conscientemente. Pesquise bastante. E não deixe de conferir o nosso último artigo, no qual abordamos também este assunto, porém de uma forma mais criativa!

 

Imagens do banco de dados do freeimages.com

Links:

  • http://www.freeimages.com/photo/42512
This entry was posted in Curiosidades, dicas Informática, Novas Tecnologias and tagged , , , , , , , , by Lorena Bastos. Bookmark the permalink.

About Lorena Bastos

Aos 20 anos de idade, pedi demissão do meu emprego sem candidatar-me no próximo. Com uma fé cega no meu futuro, arranquei do meu coração e trouxe para minhas mãos o sonho de ser escritora. O fato é que nada te prepara para ser uma escritora profissional. Quando lutamos pra sobreviver na selva que é a cidade, às vezes perdemos nosso rumo devido as necessidades financeiras e físicas as quais somos submetidos. O interior sofre e o exterior torna-se uma máscara impenetrável, disfarçando os sentimentos até de nós mesmos. Contudo, se persistimos em trazer à tona nossos maiores desejos, nosso corpo e alma se fortalecem, e o que não passava de um presente inquieto, torna-se um futuro próspero. E é assim que vou seguir minha vida: correndo cada dia mais para alcançar meu sucesso.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *