Internet: uma vida num alcance!

http://www.legendswebdesign.com

Há apenas 25 anos, a população entrou em um novo estado de euforia. Apesar do desenvolvimento gradual, a internet entrou no coração mundial para ficar. No início, era simples. Você ouvia às rádios do mundo todo, lia as notícias de primeira mão, antes mesmo de passarem no jornal da noite, e participava de bate-papos virtuais. O que começou com um pequeno círculo de atividades transformou-se em uma imensa rede de comunicação, a qual nos tornamos totalmente dependentes.

O advento da internet propiciou “cachoeiras” de novas experiências. O que você busca, você acha. São receitas, músicas, filmes, livros e muito mais. É possível aprender novas línguas, conhecer novas pessoas, observar as mais lindas paisagens do fim do mundo. Coisas que você não faria não fosse a internet. Não é à toa que somos conhecidos com a “Era da Informação”.Internet - uma vida num alcance! 1

Antigamente, você só tinha à sua cidade. Para realizar trabalhos de escola, ou pesquisas científicas, deveria ir a Biblioteca Municipal. Como diversão, crianças jogavam amarelinha, bola-de-gude, peão, cinco-marias, etc. Televisão era a febre da época, e famílias se reuniam para assistir às novelas e telejornais. Seu mundo era sua cidade. Hoje, seu mundo é simplesmente todo o mundo.

O conhecimento é raro, pois o aprofundamento se perdeu. As informações são jogadas ao vento da internet. Por exemplo: se pesquisar uma receita, como panettone (Hum! Delícias de Natal), você encontrará milhares. Como saber qual é a melhor? Qual vai dar certo? Qual tem uma origem confiável? Impossível. Isso, para qualquer tipo de informação. A mesma pesquisa tem fontes diferentes, e consequentemente, informações diferentes. É difícil filtrar as relevantes das inúteis.

Mas isso, é apenas um preço mínimo a se pagar. Imagine quantas músicas você deixaria de ouvir, quantos países deixaria de conhecer, quantos livros deixaria de ler. São inimagináveis a quantidade de opções que a internet nos oferece.

Contudo, é preciso moderação. Tudo em excesso traz um mal ao organismo, e o mesmo ocorre com a overdose de internet. As pessoas se privam da “vida real” e deixam para trás as comunicações extra virtuais, como um abraço, aquele sorriso ou um beijo caloroso! A vida é só uma, e devemos aproveitá-la ao máximo.

 

Imagens do banco de dados do freeimages.com

Links:

  • http://www.freeimages.com/photo/1402247
  • http://www.freeimages.com/photo/1290864

As 5 redes sociais mais úteis

As 5 redes sociais mais úteis

O mundo é movido por comunicação. Eu converso para comprar pão, para alugar um imóvel, para ganhar meu sustento. Eu dialogo com crianças, jovens e adultos. E hoje, com a internet, comunico-me com pessoas de todo o mundo. A solidão não existe. O mundo está conectado. E isso, graças às redes sociais.

As redes sociais são o novo vício mundial. Podemos citar as mais famosas, como Facebook, Instagram e Twitter. São lugares virtuais nos quais você escreve o seu perfil e adiciona aos seus contatos aqueles amigos distantes. É possível também conhecer novas pessoas, participar de grupos e expressar os seus sentimentos. Contudo, nem todas têm uma utilidade aparente. Neste sentido, selecionamos uma pequena lista de redes sociais diferenciadas, que oferecem um “algo a mais” para a sua vida. São elas:

1-   Skoob – É uma rede social para amantes de livros. É como uma biblioteca, só que virtual. Lá, você adiciona à sua “estante” os livros que já leu, está lendo ou irá ler. Pode também criar resenhas de livros e até debates. Há grupos, nos quais você encontra pessoas que já leram o mesmo livro, ou mesmo os famosos “spoilers” (os malditos fofoqueiros que revelam o final do livro que você está lendo!).

2-   Orangotag – Para aficionados por séries de televisão, essa é a rede social do momento. Por meio dela, você fica por dentro das novidades das suas séries favoritas, fica sabendo quando um novo episódio irá ao ar e pode também cadastrar todas as séries e episódios já assistidos.

3-   Youtube – Com milhões de usuários, é uma ferramenta (e tanto!) no compartilhamento de vídeos. Você pode criar seu próprio canal e postar seus vídeos, que podem até se tornar virais! Além disso, conhece vários outros, aderindo a uma rede imensa de informação. São vários canais com os mais diversos temas, como música, cinema, curiosidades, tutoriais, comédia, etc.

4-   Linkedin – Focado no ambiente profissional, é uma rede social para comunicar-se com possíveis empregadores, empregados, parceiros ou clientes. Você cria seu perfil e adiciona várias pessoas potenciais às suas conexões. Há vários grupos, nos quais você pode até oferecer seu serviço e conseguir emprego. É como se fosse um currículo virtual compartilhado.

5-   Livemocha – Fazer aula de idiomas nunca foi mais fácil. Chega daquelas duas horas por semana de um ambiente fechado, conteúdo simplificado e professores que nunca sequer viajaram para o exterior! Nessa rede social, você conversa e aprende a língua que desejar com verdadeiros nativos. E de graça!

Interessante, não é mesmo? Às vezes ficamos aprisionados nas conversas inexpressivas de algumas redes enquanto na internet há tantas outras que oferecem conteúdo significativo para nossa mente. É só questão de pesquisar e se encontrar. Compartilhe, curta e inscreva-se em novas redes sociais, mas antes de tudo, não se esqueça que o maior aprendizado e as melhores comunicações acontecem fora do computador.

 

Imagens do banco de dados do freeimages.com

Links:

  • http://www.freeimages.com/photo/1254522
  • http://www.freeimages.com/photo/1021286